ROTEIRO PARA REALIZAÇÃO DO EVANGELHO NO LAR

       

         Na reunião do Evangelho e oração em família evocamos a presença de benfeitores espirituais, familiares e demais Espíritos amigos para, em conjunto, participar desses momentos de paz. Trata-se, na verdade, de uma modalidade de reunião espírita, que deve ser caracterizada pela seriedade e continuidade, a despeito da simplicidade que encerra. Os benfeitores espirituais acorrem ao nosso lar, auxiliando-nos no que for possível, afastando entidades perturbadoras do reduto doméstico, amparando os Espíritos mais necessitados, que se revelam sensíveis às vibrações e elucidações que o serviço religioso do Evangelho no lar propicia(1).

1.    Finalidade

Trata-se de uma reunião com o objetivo de reunir a família em torno dos ensinamentos evangélicos à luz da Doutrina Espírita, e sob a assistência de benfeitores espirituais.

2.    Participantes

Poderão participar da Reunião todas as pessoas integrantes do lar, inclusive as crianças.

3.    Desenvolvimento

a)    Prece inicial;

b)    leitura e comentário de página evangélica com a participação de todos os presentes. A reunião pode ser enriquecida, conforme o caso, com poesia, história ou narrativa de fatos reais;

c)    prece de encerramento (ocasião em que se pode orar pelos que não puderam estar presentes: parentes, amigos, vizinhos etc.).

4. Recomendações

a)    O tempo de duração da Reunião não deve ultrapassar uma hora;

b)    recomenda-se a leitura de “O Evangelho segundo o Espiritismo”, do “Evangelho em Casa” e outras páginas evangélicas;

c)    abster-se de manifestações de Espíritos;

d)    pode-se colocar água para ser fluidificada [magnetizada] pelos Benfeitores Espirituais;

e)    é conveniente que a reunião seja semanal;

f)     a presença de visita não deverá ser motivo para a não realização do Culto, convidando-se os visitantes a dele participarem(2).

(1)   XAVIER, Francisco Cândido. E a vida continua. Pelo Espírito André Luiz. 29. Ed. Rio de Janeiro: FEB, 2003. Cap. 13, p. 128-129.

(2)   CONSELHO FEDERATIVO NACIONAL. Orientação ao centro espírita. 4. Ed. Rio de Janeiro: FEB, 1996, item 12, p. 65-66.